.posts recentes

. SOMOS MODERNOS

. GÉNESIS - A natureza do s...

. No rescaldo do Verão

. Perigosa abstenção

. MISSÃO FAMÍLIA: F.E. – Fo...

. A Vida é fogo que arde… I...

. A Infância da Vida

. NATAL EM MIM

. É o NATAL do Menino Jesus

. NATAL de Belém ao Céu

.arquivos

. Maio 2018

. Dezembro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Dezembro 2010

. Maio 2009

. Abril 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Abril 2006

Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

O MENINO de sua MÃE

Crónicas da Condição Humana CXVIII (publicado em Ecos da Sobreira, abril2018)

 Alfredo Bernardo Serra

 

O MENINO de sua MÃE

É da condição humana o amor incondicional de mãe pelo filho. É humanamente natural a intemporalidade do amor duma mãe pelo fruto do seu ventre. E no entanto, somos acossados por notícias tristes de violência e maus tratos de filhos sobre pai e mãe, bem como o contrário também vai acontecendo nesta vida mortal.  É a lógica da (ir)racionalidade, é a força do instinto dominado pelas forças do Mal, o egoísmo, a insanidade moral, a ausência de Deus que conduz à prática de tão hediondos comportamentos de que por vezes o resultado final é o homicídio. É hoje recorrente serem veiculadas tais notícias no meio de comunicação social em tempo real, na internet assumido baú de memórias que difunde tão macabros assassínios, em absoluta negação do amor maior que é o de uma mãe e de um pai pelo seu filho, e também o amor deste para com os seus progenitores. A ilustrar hediondos actos de desamor, anoto alguns casos/notícia colhidos da net: «www.alterosa.com.br/programas/jornal-da.../filho-esfaqueia-a-mae-por-um-celular. … O rapaz atacou a mulher com 13 facadas pois queria seu celular para comprar drogas.»; «https://www.jornalfato.com.br/.../homem-e-preso-apos-esfaquear-mulher-na-frente-do filho...09/04/2018- O filho do casal, de sete anos, pediu ajuda à um vizinho para socorrer a mãe. »;«tvjornal.ne10.uol.com.br.-1/12/2017 - Um vídeo gravado por uma câmera de segurança mostra o momento em que o agressor foge depois de esfaquear a mulher no ombro. Nas imagens é possível ver o filho do casal, de seis anos, que presenciou o crime, correndo atrás do pai. Segundo os vizinhos, a criança chamava o pai de assassino.»;«https://www.rtp.pt//mulher-suspeita-de-esfaquear-filho-recem-nascido-no-seixal...10/4/2018-Um bebé recém-nascido foi morto por esfaqueamento na noite de segunda-feira, em Corroios, concelho do Seixal, sendo a mãe suspeita do crime…»; «www.midiamax.com.br.policia/mae-mata-bebe-7-meses-esfaqueado-fronteira-368355- 24/02/2018 - Moradora da fronteira, jovem de 18 anos mata a facadas filho de sete meses. Menino tinha perfurações no toráx… nesta sexta-feira (23), na fronteira de Mato Grosso do Sul...».

Ao invés destas desgraças, são muitos e  belos os registos de amor filial para com a mãe.No sítio https://www.mensagenscomamor.com/mensagem/105508, alguém define o amor de mãe de «Vencedor - Amor de mãe vence preconceitos, supera os limites, enfrenta todos os desafios e te ajuda a vencer. Amor de mãe, só Deus para entender. Simplesmente amor!» e eis também o agradecimento: «Obrigado, mãe. Pelos joelhos dobrados, cansados em noites de frio. Obrigado, mãe, por chorar abraçada comigo, enfrentando os meus desafios, me ensinando o caminho que devo andar, me levando pra casa de Deus, me livrando dos laços com seus abraços.» No sentimento de segurança, alento e conforto, “Amor de mãe não morre, só muda de atmosfera. Um amor mais forte que tudo, mais obstinado que tudo, mais duradouro que tudo, é o amor de mãe. O amor de mãe é o combustível que permite a um ser humano fazer o impossível”. Ao jeito de significado, concluo com esta definição do amor de mãe: «Amor de mãe é renúncia, é seguro, é calento, é temor, é querer dar a própria felicidade pela felicidade dos filhos.», pois afinal é sempre “o menino de sua mãe!”. E porque, como canta o poeta Mário Quintana, é verdade “Que és do tamanho do céu, / E apenas menor que Deus.”, obrigado, Mãe!

Proença-a-Nova, 21 de Abril de 2018

publicado por AlfBernardo Couto às 11:07
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds